CRB III – As Relações Internacionais

Daniel Monteiro Huertas

Devido a suas dimensões continentais, potencialidades econômicas e particularidades culturais, o Brasil apresenta-se ao mundo deste início de século XXI como um ator de peso no sistema internacional, mas ainda repleto de crônicos e históricos problemas estruturais, resultado de um processo de desenvolvimento frequentemente fraturado por forças endógenas e exógenas que limitam a sua soberania.

Herdeiro de um passado colonial perverso, mas por outro lado imerso em uma perspectiva na qual a esperança sempre se renova, o Brasil ainda tenta encontrar um caminho digno na divisão internacional do trabalho de um mundo marcado pela velocidade e pela tirania do dinheiro e da informação.

Urge, portanto, compreender e analisar criticamente o país e o mundo globalizado mediante a problematização da inserção internacional do Brasil em perspectiva histórica e o papel de sua política externa diante dos desafios contemporâneos, direcionando o debate para temáticas de grande relevo e interesse ao país. Mas esta empreitada só é possível, do ponto de vista teórico-metodológico, mediante a introdução de uma perspectiva analítica crítica da formação do mundo moderno e da expansão do sistema capitalista, correlacionando diferentes abordagens no campo das relações internacionais, história, geografia e economia.

Partindo da formação territorial do Brasil, na simbiose entre exploração econômica, povoamento e estratégias diplomáticas, esta unidade curricular é encerrada com uma exposição do que se pode chamar por panorama geopolítico contemporâneo, no qual são colocados na mesa os eventos internacionais recentes que merecem ser analisados e discutidos por conta de sua importância para o equilíbrio de poder e correlação de forças no sistema internacional. Nesta perspectiva, além de uma bibliografia multidisciplinar, o aluno é permanentemente estimulado a realizar uma leitura factual da conjuntura internacional, seja pelos tradicionais veículos impressos ou por mídias eletrônicas, a fim de que reúna interesse crescente para construir uma compreensão satisfatória das forças que movimentam o mundo.